Política

CDS solidário com tesoureira da União das Freguesias

O CDS de Ovar, em comunicado assinado por Fernando Almeida, presidente da Comissão Política Concelhia, manifesta a sua solidariedade com a tesoureira da União das Freguesias de Ovar e repudia “as acusações infundadas da bancada social democrata” da Assembleia de Freguesia.

A posição assumida pelos membros do PSD na Assembleia de Freguesia, é, para o CDS, “o corolário de uma actuação totalmente oposta aos princípios defendidos pelo nosso partido, que em nada beneficia a política local e a nossa terra”.

Enquanto parte do executivo da União de Freguesias, o CDS sente-se visado “na conduta reprovável da bancada social democrata”, embora acredite que a posição relativa às contas de 2014 “não passará de um lapso infeliz e próprio de quem ainda não digeriu os resultados eleitorais das últimas eleições autárquicas”.

Fernando Almeida refere que o CDS de Ovar se revê na “posição já assumida publicamente pela tesoureira do executivo da União de Freguesias de Ovar,  Salomé Costa, que de forma clara e objectiva, esclareceu quem ainda pudesse ter dúvidas”.

O CDS de Ovar mostra-se solidário com o executivo da União das Freguesias de Ovar e reforça a confiança nos seus representantes, Jorge Maia no executivo e Jose Ricardo Carvalho na Assembleia de Freguesia.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo