Política

CDU apela à mobilização em torno da defesa do SNS

A CDU levou a cabo mais uma sessão de esclarecimento sobre a saúde em Ovar. Esta sessão pública foi animada e marcada por várias intervenções do público.
A mesa foi composta por Maria Miguel Sá ativista CDU, médica do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e membro da Direção Regional de Aveiro do PCP, mas também por Carlos Ramos, ativista CDU, mandatário local da lista da CDU às próximas eleições para o Parlamento Europeu e membro da Comissão Concelhia de Ovar do PCP.
O processo de integração da saúde de Ovar – Hospital e Centros de Saúde – na ULS Entre Douro e Vouga Hospital de Ovar, “foi veementemente visado nestas alocuções, por ter sido dado aos ovarenses como uma boa notícia, mas que na realidade irá afastar os utentes do SNS, por aumentar os tempos de espera dos cuidados de saúde, por transferir despesas do SNS para os utentes, por degradar as condições de trabalho dos seus profissionais entre outros prejuízos”.
Naturalmente, não se deixaram de apresentar um conjunto de propostas da CDU para o setor da saúde: i) contratar mais, atrair e reter profissionais melhorando as condições de trabalho; ii) reforçar meios financeiros e técnicos, aumentar a capacidade do SNS; iii) disciplinar as relações do Estado com o setor privado; iv) um SNS com melhor organização, articulado e com gestão democrática; v) melhorar o acesso aos cuidados de saúde.
A iniciativa foi concluída com o apelo à mobilização da população em torno da defesa do SNS, pois importa salvar o SNS e garantir a todos o direito à Saúde.
Publicidade
Botão Voltar ao Topo