CarnavalSlider

Centenas brincaram no Carnaval sem idade

canto certo

Agora pode dizer-se que chegou o Carnaval de Ovar a sério. Seniores provenientes de 24 instituições de todo o distrito deram asas à imaginação na confecção de inúmeras fantasias e dançaram pela tarde fora ao som de marchinhas, modas e sambas que marcam a época.

A Rainha Peixeirinha Tesa não faltou a espalhar simpatia, nem o Rei Maratonista que, do alto dos 73 anos, aproveitou para com o seu exemplo de 38 anos dedicados aos AFIS,  promover a actividade física controlada para os mais experientes da vida ou até mesmo para prevenção de problemas e manutenção da forma física.

Em tarde que parecia primaveril, a festa contou com a actuação de actuação da “Fun Swing Orchestra” e ofereceu um lanche saudável a todos os cerca de 500 foliões participantes.

Dominós, bruxinhas, cozinheiros, minhotos, médicos, entre outros, foram alguns dos temas dos trajes apresentados, no verdadeiro baile de máscaras que se viveu durante a tarde, numa iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Ovar, em colaboração com as instituições de apoio a idosos.

A 12.ª edição desta iniciativa, que decorreu no Espaço Folião, no Parque Senhora da Graça, provou que o que verdadeiramente importa é o espírito e que o Carnaval não tem idade. O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, foi um dos participantes mais animados. Para ele, “o Carnaval Sénior é um retumbante sucesso. A nossa comunidade sénior merece tudo!”

Fotos: CMO – veja o vídeo do JN.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta