LocalSlider

Chuva forte causa inundações e estragos no norte do concelho

A chuva torrencial que se abateu esta madrugada sobre o Norte do concelho de Ovar, em especial em Esmoriz, Cortegaça e Maceda, causou estragos em habitações e nas vias de comunicação.

Em Esmoriz, a avenida da Praia e a passagem inferior do caminho de ferro ficaram alagadas impedindo o acesso automóvel. Uma viatura ficou submersa na desnivelada devido à subida rápida do nível das águas.  Ainda naquela cidade, a circulação ferroviária na linha do Norte foi interrompida devido à enxurrada.

Em Cortegaça e Maceda, a água vinda das presas e das zonas altas varreu a EN 109, transformando-a num rio furioso, e entrou com força em diversas habitações causando o pânico nos habitantes e muitos estragos.

Houve vários desabamentos de terras, queda de pedras e a força da água obrigou ao encerramento da EN 109 em Maceda devido à força das águas turvas.

Os Bombeiros Voluntários de Esmoriz mobilizaram esta manhã cerca de 30 homens para diferentes inundações nas três freguesias.

Mau tempo1O comandante da corporação, Miguel Gomes, diz que não é possível precisar o número de edifícios em causa, mas garante que são “uma série delas” e atribui as inundações à subida do leito do rio Lambo, que transbordou durante a madrugada.

“Estamos a acorrer a várias habitações, para levantar móveis, vazar a água e, num ou outro caso, deslocar as pessoas para casa de familiares”, afirma Miguel Gomes. “Algumas casas têm as caves totalmente submersas, com a água a atingir mais de metro e meio de altura”, realça.

O trabalho da corporação envolve nesta fase seis viaturas para remoção de água e as previsões apontam para que a situação melhore ao fim de “algumas horas”.

Miguel Gomes justifica: “Como, no mar, a maré vai continuar a baixar até às 14h, o caudal do rio vai escoar com mais velocidade até lá e a água vai voltando ao nível normal”.

Entretanto, “não há perigo de maior para as pessoas”, garante o comandante dos Bombeiros de Esmoriz, e em causa estarão apenas danos materiais.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo