DesportoPrimeira Vista

Ciclismo: Efapel pronta para o grande desafio

A equipa profissional de ciclismo EFAPEL está pronta para o grande desafio do ano, a 77ª Volta a Portugal em Bicicleta. O objectivo da estrutura de Ovar é chegar a Lisboa, local da meta da derradeira etapa, no dia 9 de Agosto, com a camisola amarela. Para isso, a formação liderada pelo director desportivo, Américo Silva, preparou-se com o intuito de apresentar um bloco forte e com nove atletas no pico da sua forma.

Para o responsável da equipa EFAPEL, não há dúvidas. A partir do momento em que for dada a partida na próxima quarta-feira, os corredores têm bem claro na sua mente que a meta é alcançar o triunfo. “O nosso objectivo principal é vencer a Volta a Portugal. É para isso que a equipa tem trabalhado ao longo da época. Neste momento temos uma formação com argumentos para afirmar que queremos ganhar. Da avaliação que fazemos, sentimos que o podemos dizer com sinceridade. Não só pelo plantel, mas também pelo que temos feito durante a temporada.”

Américo Silva sabe que a concorrência também trabalhou para se apresentar da melhor maneira nestas quase duas semanas de competição, mas isso não lhe retira ambição. “Podemos dizer que temos equipa para vencer a Volta a Portugal. Logicamente, temos todo o respeito pelas outras equipas. Sabemos que todas as formações portuguesas têm ciclistas com qualidade e capacidade para vencer a Volta. Cabe-nos reconhecer o valor dos adversários mas existe a consciência que temos valor para entrar nessa luta directa”, acrescentou o responsável.

A 77ª Volta a Portugal em Bicicleta antevê-se dura e exigente. São vários os candidatos à camisola amarela e o percurso tem todas as condições para dificultar a tarefa aos atletas. “A par do que foi a volta do ano passado, a edição desta época é muito dura. Há uns anos não havia a chegada a Montalegre. Aí será feita logo uma pequena selecção. Esta meta está colocada na segunda etapa em linha da prova, ou seja, ao terceiro dia de competição. Para além disso, há as duas etapas míticas, a da Torre e a da Senhora da Graça. Há mais momentos para os corredores que andam bem na montanha fazerem a diferença”, explicou Américo Silva.

Relativamente à estratégia da equipa, o director desportivo definiu o galego Alejandro Marque como o líder da EFAPEL. “O Alex é o líder desta equipa para a Volta a Portugal. Já foi vencedor desta competição e, independentemente de esta edição poder ser mais ou menos favorável, é o líder. Mas devido ao bloco que temos com tanta qualidade, certamente que temos alternativas”, sublinhou.

A competição tem início esta quarta-feira, dia 29. A organização da Volta a Portugal definiu um prólogo com seis quilómetros de extensão e partida e chegada em Viseu.

Os ciclistas da EFAPEL na Volta a Portugal de 2015
21 Alejandro Marque (Contra-relogista)
22 Jóni Brandão (Trepador)
23 Diego Rubio (Rolador/Contra-relogista)
24 Filipe Cardoso (Sprinter)
25 Rafael Silva (Sprinter)
26 David De La Fuente (Trepador)
27 Hélder Ferreira (Trepador)
28 Óscar González (Trepador/Contra-relogista)
29 Domingos Gonçalves (Completo)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo