Local

Cinco anos de cadeia suspensa para mãe que violou filho deficiente

Uma mulher de 59 anos foi condenada pelo tribunal de Aveiro a cinco anos de cadeia, pena suspensa, por abusar sexualmente do filho portador de deficiência mental, informou fonte judicial.

Segundo o NotíciasdeAveiro.pt apurou, a arguida estava acusada de 630 crimes de abuso sexual de menor dependente, mas o coletivo entendeu condená-la por um crime na forma continuada.

A leitura do acórdão decorreu na tarde desta segunda-feira, à porta fechada, como já havia sucedido durante o julgamento, uma vez que o processo foi classificado como confidencial até ao trânsito em julgado.

A denúncia dos factos remonta a 2012 na praia do Furadouro, Ovar. O ofendido tinha 17 anos e vivia com a mãe, referenciada por prostituição, tendo sido dada como provada a acusação na generalidade.

O tribunal, todavia, decidiu suspender a pena de cinco anos de prisão, atendendo à idade da mulher e ao seu estado atual estado de saúde debilitado. (Ler artigo completo)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo