Guerra da UcrâniaLocalPrimeira Vista

Coluna militarizada estacionou na base de Maceda

Uma coluna militar deslocou-se, esta sexta-feira, do Regimento de Cavalaria 6 (RC6), de Braga, para a base militar de Maceda.

Ao contrário do que se pensou inicialmente, esta movimentação que incluiu mais de 30 viaturas “Pandur”, não terá relação directa com a agressão da Rússia na Ucrânia.

O OvarNews sabe tratar-se de um exercício militar, o “Flandres 22”, programado há algum tempo sem relação directa com o conflito em curso, que não deixa de estar no âmbito dos treinos NATO com Postura de Prontidão Orientada para a Missão (PPOM).

O Aeródromo de Manobra n.1 de Ovar é uma base aérea de recurso operacional da Força Aérea Portuguesa, pelo que esta força de reacção da NATO (VJTF) ficará de prontidão e poderá, em caso de necessidade, ser destacada para reforçar a defesa de um país da Aliança no âmbito da guerra lançada pela Rússia contra a Ucrânia.

A missão da base é garantir a prontidão das Unidades Aéreas e o apoio logístico-administrativo de unidades e órgãos nelas sediados mas dependentes de outros comandos, bem como a segurança interna e a defesa imediata.

A infraestrutura, inaugurada em 1966, recorde-se, pode proporcionar facilidades de estacionamento e apoio a aviões de Patrulhamento Marítimo da NATO, em caso de guerra, como sucedeu na década de 1980, durante a Guerra Fria.

(notícia actualizada)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo