Local

Comerciantes alertam para burlão que actua nas redondezas

Comerciantes de Ovar e Estarreja alertam para um homem, residente em Válega, que consome e depois não paga. “Entra em restaurantes e cafés da região, consome e depois não paga”, conta uma comerciante de Estarreja. Quando pede a conta, “finge que tenta pagar com cartões que não estão válidos e até parece estar de boa fé para voltar e fazer o pagamento… mas não, é só mesmo bluff”.

Em Ovar já o conhecem e ao ‘modus operandi’, mas em Avanca terá tentado fazer o mesmo recentemente, mas também não teve sorte.

Após contacto com a GNR e com a PSP, confirma-se que o homem tem sido o alvo comum de várias queixas que se estendem ao concelho da Murtosa.

Estas somam-se a outras acumuladas de outro âmbito, encontrando-se indiciado pelas autoridades para ser ouvido de novo em Tribunal

É que o homem, na casa dos 50 anos, encontra-se ainda envolvido num processo por violência doméstica no qual nunca terá respeitado a ordem de afastamento da mulher ditado pela justiça.

Apesar de indiciado em dezenas de casos de burla, violência doméstica, fogo posto e agressões a guardas e polícias, já foi a tribunal várias vezes mas continua em liberdade.

As autoridades referem que o indivíduo em questão também já foi apanhado dezenas 30 vezes a conduzir com taxa de alcoolemia acima da permitida por lei.

Há dias, inscreveu-se numa fábrica da zona industrial de Ovar. “Esperemos que arranje trabalho e passe a pagar o que consome”, disse aquela  comerciante de Avanca.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo