CulturaSlider

Companhia Vareira com “Emoções” à flor do palco

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

Na primeira de duas noites esgotadas no Centro de Arte de Ovar, o novo espectáculo da Companhia Vareira (CV) arrebatou o coração dos espectadores na estreia de ontem. Emoções é um espectáculo que revela que quando nascemos, chegamos despidos de emoções e com o passado do tempo a nossa pele vai absorvendo várias emoções.

Miguel Cunha, encenador da CV, não poderia estar mais feliz. “Continuo a receber mensagens de felicitação mas po que importa é a satisfação enorme pelo que fizemos ontem”. O que costuma dizer, repete hoje: “Renho a sorte de ter pessoas fantásticas ao meu lado e só assim faz sentido fazer o que faço da melhor maneira que sei”.

Para um êxito tão retumbante, Miguel Cunha agradece “a Diana Couteiro pela ajuda e entrega, ao Claudinei Garcia Clau pelo trabalho que connosco fez, ao Mário Gonçalves pelas coreografias, vídeos, ligações de luz, ao Nuno Baltazar pelo profissionalismo e que vestiu tão bem as nossas emoções, a toda a equipa técnica do CAO na pessoa de Fátima Alçada, a todos os patrocinadores e a cada um dos bailarinos desta nossa/minha companhia Vareira e, em especial, ao vereador Alexandre Rosas”.

“Emoções” esgotou o CAO em apenas 4 horas pelo que a CV teve que marcar um espectáculo extra para corresponder a todos os pedidos.

“Emoções“ é, segundo Miguel Cunha, “mais uma aposta da CV, para nos afirmarmos no que realmente somos e queremos ser”. “Trabalhamos muito, investimos muito e agora só queremos aproveitar cada momento e levar o emoções a muitos palcos”.  (Foto: CV)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo