CulturaSlider

“Construções” e “Sentimentos” em exposição

Duas exposições de artistas de diferentes gerações e distintos estilos de pintura estão patente no Museu de Ovar.

“Construções” de Fátima Teles e “Sentimentos” de José D’Alte, mostram diferentes percursos e motivações para produzir arte.

José Manuel D’Alte Pinho nasceu no Porto, a 27 de julho de 1946 e vive em Espinho, assumindo-se como autodidata da pintura, uma vez que os quadros que ali reuniu e que integram colecções particulares, bem como os que ficaram de fora por falta de espaço nesta sua exposição, são o resultado de uma espécie de terapia, após cerca de seis anos de complicadas doenças e várias operações.

Um período da sua vida de que resultaram “Sentimentos”, expressos através de espátula e colagens, memórias de antigos rótulos de produtos portugueses como a marca Pão de Ló Celeste D´Ovar com a mensagem publicitária “Celestise o seu estomago!”. Relíquias de património publicitário a que teve acesso e que assim partilha em algumas das suas pinturas, que expressam formas e cores fortes.

Ainda que não tenha tirado curso de Belas Artes por necessitar de trabalhar, José D’Alte foi decisivamente influenciado por grandes pintores como aluno do Liceu D. Manuel II (hoje Rodrigues de Freitas), onde conviveu com Vítor Pomar, Armando Alves e Francisco Chichorro, destacando particularmente a sua professora de artes visuais, Helena Abreu, que lhe fez ganhar o gosto pela pintura.

Mais jovem, mas com um igualmente invejável percurso artístico, Fátima Teles, nascida em Penedono, 1982, Licenciada em Artes Plásticas – Pintura, pela Escola Superior de Tecnologia de Tomar, mostra através de “Construções” o seu recurso à pintura pós-renascentista, “mais concretamente à série de números de Fibonacci e à subsequente geometria desenvolvida pelos pintores daquele período para o desenvolvimento dos desenhos das suas pinturas”.

Tem-se apresentado em exposições e bienais em Portugal e cidades de países como: Itália, Dinamarca, Polónia, Letónia, França, Holanda e Espanha.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta