LocalSlider

Cordão sanitário é levantado à meia-noite, com restrições

O Governo anunciou esta sexta-feira o levantamento da cerca sanitária em Ovar, a partir da meia-noite, “mediante a aplicação de limitações especiais”.

A população pode voltar a entrar e sair do concelho para trabalhar, mas quem tiver mais de 60 anos não vai regressar, para já, ao emprego, por razões de saúde e segurança, anunciou ministro da Administração Interna.
Portanto, as deslocações só serão autorizadas para trabalhar, comprar bens essenciais ou por razões de saúde.

“Queria salientar o reconhecimento pelo esforço que a população do concelho de Ovar demonstrou no cumprimento de regras muito estritas, que permitiram uma significativa mitigação dos efeitos da pandemia nesse município”, começou por referir, por seu lado, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

A cerca sanitária é levantada em Ovar, após avaliação da Direcção-Geral da Saúde (DGS) e ouvida a autarquia, mas o Governo anuncia um conjunto de limitações.

“Não decorre daí que deixem de existir restrições a liberdades, designadamente à liberdade de circulação no município de Ovar. Aplicam-se, não só, aquelas regras que estão em vigor em todo o território nacional, mas também um conjunto de restrições que, de qualquer modo, permitirão aos cidadãos de Ovar ir trabalhar para fora do concelho”, acrescentou o ministro da Administração Interna. (Ler mais sobre este tema)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta