Publicidade
LocalPrimeira Vista

Cortegaça: Falha no motor obriga avioneta a aterrar de emergência

Uma aeronave ultra-ligeira com registo CS-UUF, um AeroSpool WT9 Dynamic, realizou uma aterragem de emergência esta quarta-feira, entre as praias de Cortegaça e Maceda. Os bombeiros de Esmoriz  foram chamados ao local para prestar auxílio a “uma aterragem de emergência de um monomotor”.

O avião tinha descolado do Aeródromo de Espinho com destino a Benavente. Tudo indica que esta aterragem forçada ocorreu devido a problemas mecânicos. O piloto, com 65 anos de idade e 30 anos de experiência, conseguiu levar a aeronave para uma área desabitada e sem a presença de pessoas.

O alerta foi dado pelas 13h12, confirmou fonte dos bombeiros, acrescentando que a corporação mobilizou 26 operacionais e nove viaturas para prestar apoio à avioneta, num acesso em terra batida, junto à praia de Cortegaça.

publicidade
A aeronave está agora imobilizada nas proximidades do Parque de Campismo em Cortegaça, com a presença da Polícia Marítima do Porto, autoridades aeronáuticas e os bombeiros de Esmoriz no local.
O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes Aeronáuticos e Ferroviários (GPIAAF) foi chamado para investigar as possíveis causas desse incidente.

Segundo os bombeiros de Esmoriz, não houve quaisquer danos pessoais registados na sequência da aterragem de emergência. Além disso, a própria avioneta também não sofreu danos significativos.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo