Cultura

“Cuba Libre” adapta a luta de Annie Silva Pais para televisão

A atribulada luta de Annie Silva Pais, filha única do último director da polícia política de Salazar, apaixonada por Che Guevara e pela Cuba de Fidel Castro chega à TV, a partir de uma obra editada em 2004, de José Pedro Castanheira e Valdemar Cruz, jornalista e escritor natural de Gondomar há muito ligado a Ovar.
A extraordinária história de vida, biográfica, da portuguesa Annie Silva Pais, filha única do último director da polícia política de Salazar, dona de uma notável beleza e sensualidade, mas também de um enorme espírito rebelde.
Depois de aos 22 anos, em 1958, ter sido eleita miss Piscina Praia Figueira da Foz, mais tarde, em 1965, casada com um diplomata suíço e a viver em Havana, abandona o marido e a família para se entregar à revolução cubana, secretamente apaixonada por Che Guevara. Foi tradutora de Fidel Castro e só voltou a Portugal para ajudar o pai, Silva Pais.
Estreou na RTP a série “Cuba Libre” (segundo episódio na quarta-feira), baseada naquele livro. São seis episódios que vão ter distribuição mundial.
De Valdemar Cruz, autor de vários livros, consulte também “Um Dia em Ovar“, de 2001.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo