Opinião

“Cuide-se, é sexta feira, dia 13” – Por Florindo Pinto

– No calendário do tempo e, quando se vive, o dia 13, do mês, em dia de semana, que

– nos mostra ser uma sexta feira, a sabedoria popular, reservou para aquela gente com

– uma certa dose de “medo do além”, um espaço, que alguns ocupam, nesses dias, sob

– uma tensão fora do comum e a pensar naquilo que “pode vir aí”. Mas, contrariando a

– crença popular, temos o tal dia 13, que pode ser, ou não, uma sexta feira, a lembrar a

– aparição da Virgem em Fátima com milhares e milhares de peregrinos reunidos a orar

– contrariando todos os medos. Em Lisboa e, em Junho, os lisboetas, reservam esse dia,

– para festejar e, lembrar, Santo António e, quem é, que, se já crescido, no ano de 1966

– não se manifestou, ruidosamente, durante os jogos de Futebol, com os “Magriços” a

– dar-nos alegrias, até então nunca vividas. E, para os mais distraídos, lembro que o 13,

– era o número usado na camisola, daquele que foi a figura principal, de nome Eusébio.

Florindo Pinto

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo