LocalSlider

Defesa pede misericórdia para idosa que guardava droga na Bíblia

O Ministério Público (MP) admitiu uma pena suspensa para a septuagenária que foi julgada em Aveiro por tráfico de droga, desqualificando o crime de agravado para simples.

Nas alegações finais, o Procurador mostrou-se convicto que a mulher de 74 anos tenha assumido “o papel principal” no atendimento de consumidores quando o filho não estava na residência, em Válega, Ovar.

Mas a idade avançada da arguida levou o representante do MP a sugerir uma condenação a cadeia suspensa com a obrigação de pagar uma quantia não especificada. (Ler in Notícias de Aveiro)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta