Cultura

Dia da fotografia no Dolce Vita de Ovar

No Cinema Dolce Vita, em Ovar, 28 de Fevereiro é o dia da fotografia. Um dia em que as imagens fotográficas são o mote para procurar encontrar a fotografia por entre os filmes.

O cinema, sempre teve uma relação de grande proximidade com a fotografia, acompanhando-a na sua evolução histórica, estética e tecnológica, criando um quase espaço comum de influência constante. As preocupações da sociedade, da criação artística e da economia, parecem aproximar a fotografia e o cinema num campo quase comum.

O programa inicia às 16:00 com uma conversa sobre fotografia e cinema que antecederá a exibição de três curtas-metragens. A conversa decorrerá com a participação de Carlos Ramos e de Luís Oliveira Santos.

Carlos Ramos é presidente da associação vareira “Os Amigos do Cáster”. Vocacionada para as áreas do ambiente, cultura e solidariedade social, esta entidade organiza anualmente o “Ambiente Imagens Dispersas – Encontro de Fotografia Cidade de Ovar”.

Luís Oliveira Santos, realizador do documentário “A Luz da Terra Antiga”, será outro dos participantes. Sendo arquitecto, professor e fotógrafo, falará sobre o seu filme que aborda uma viagem com Duarte Belo à procura dos territórios da fotografia de Orlando Ribeiro. Um documentário nomeado para os Prémios Sophia 2014, sobre a inexorável passagem do tempo.

Para além da exibição deste filme, será exibido o filme “Luz Clara”, realizada por Miguel Lima e Vasco Vieira, uma curta-metragem que dá a conhecer a história inspiradora do fotógrafo José Cruz que se dedica a fotografar recém-nascidos. A assim como “Ruga”, de Miguel Serra e Sofia Barata, que apresenta a vida não linear e as curvas e contracurvas que nos fazem.

Para terminar este dia o público poderá rever o documentário “Women are herores”, do fotógrafo francês JR. Retratos de mulheres de alguns dos sítios mais impossíveis de viver no mundo, filmados e expostos num projecto que atravessa locais inóspitos de África, Ásia e América do Sul.

No espaço do Centro Comercial Dolce Vita estará em exposição, parte da mostra fotográfica “Uma frincha sobre um museu”, de Mariana Macedo, e constituída por imagens fotográficas que juntam em registo fotográfico, máquinas de cinema com as pessoas da região.

O Cinema Dolce Vita de Ovar é o organizador do evento, contando com vários apoios locais e procurando dar continuidade a uma programação diferenciada e interventiva, que se iniciou o mês passado com a “Festa do Documentário e da Música”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo