LocalSlider

Dia do Município: “É o momento de olhar para o futuro”

O presidente da Câmara Municipal de Ovar quer recolocar Ovar no lugar que merece no contexto nacional. Falando na sessão solene comemorativa do dia do Município, Salvador Malheiro lembrou as riquezas naturais, a história, a alma vareira e os mais de 55 mil habitantes. “Em face desta realidade”, o autarca considera  que “Ovar devia estar noutro lugar na escala regional e nacional”.
É nesta recuperação que o edil diz que o seu executivo está a trabalhar: “Este é o momento para olhar para o futuro”.

No breve balanço do mandato que leva ainda cerca de 9 meses desde que foi eleito, Salvador Malheiro referiu que essa tem sido uma das suas prioridades: “Levar o bom nome desta terra, o nome de Ovar”.

As pessoas são a outra prioridade, com enfoque nas actividades imateriais, e a sustentabilidade ambiental também estão na lista de tarefas deste executivo camarário.

A sessão desta manhã do Salão Nobre dos Paços do Concelho também serviu para o autarca anunciar para breve o lançamento das obras aguardadas da Barrinha de Esmoriz e do Cais do Puxadouro, em Ovar.

O presidente da Assembleia Municipal, Pedro Braga da Cruz, também pensa que o “poder conquistado nas urnas só faz sentido se usado para construir um futuro melhor”.

E lançou uma questão pertinente a propósito da revisão do PDM e do orçamento participativo, duas marcas do actual executivo. “Se a população do concelho se mantém e até cresce sensivelmente, porque terá que se conformar em perder serviços?”

Distinções honoríficas

A sessão continuou com a distinção dos docentes do concelho que se aposentaram no último ano lectivo e dos funcionários camarários com mais de vinte anos de serviço.

Num momento sempre marcante do Dia do Município foram entregues Medalha de Mérito Municipal Ouro a Glória de Sant’Anna (a título póstumo), Jornal João Semana, José Penicheiro (a título póstumo), José Resende (a título póstumo), Manuel Mendonça (a título póstumo), Padre Fernando Campos, Padre Manuel Silva e ao Padre Aníbal Pereira (também a título póstumo).

Foram distinguidos com Medalhas de Mérito Municipal Prata, as seguintes personalidades: Adelino Almeida, Américo Oliveira, Cecília Oliveira, Esmeralda Souto, João da Silva e Costa, João Natária e José de Oliveira Muge.

A Medalha de Mérito Municipal Cobre foi entregues à APADO – Associação Protectora dos Animais Domésticos de Ovar.

Habita_Fura

Ainda no âmbito das comemorações do Dia do Município, o presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, consignou a empreitada de beneficiação das coberturas de 50 fogos do Conjunto Habitacional a sul do Furadouro.
O edil realçou o “simbolismo” da obra por se localizar no Furadouro, “um território do concelho de Ovar onde a natureza tem sido cruel”. Dirigindo-se aos moradores que assistiam a cerimónia, referiu que “a Câmara está convosco e nunca vos deixará sozinhos”.

Para o Município, “o Furadouro é fundamental para futuro desenvolvimento do nosso concelho” anunciou outras obras: A reabilitação do mercado  e da frente de mar. Salvador Malheiro disse que a erosão é dos problemas que mais o preocupa e está a trabalhar em projectos para apresentar no próximo quadro comunitário de apoio.

O presidente da UFO, Bruno Oliveira, saudou o Município pelo “arranque da empreitada, pois os moradores já faziam sentir esta necessidade antes da chegada do próximo inverno”.

A empreitada do Conjunto Habitacional a Sul do Furadouro, no valor de 125 mil euros, contempla um conjunto de trabalhos de interior e exterior que visam melhorar as condições de habitabilidade e o ambiente urbano, e tem um prazo de execução de 120 dias.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo