Empresas

Dicas para reduzir a conta de energia em casa

A crise que se tem sentido no setor energético na Europa tem-se vindo a ganhar terreno, e isso já
se sente nas nossas casas.

O primeiro conselho geral para a Europa foi dado pelo Alto Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros, Josep Borrell, que apelou aos cidadãos europeus que “diminuam o uso dos sistemas de aquecimento das suas casas”, porque há um preço a “pagar” pelo corte de
relações com a economia russa devido à guerra na Ucrânia. Mais concretamente, pediu uma
redução de um grau no aquecimento.

Apesar de o tempo de inverno ainda se manter, este conselho pode ajudar a evitar contas de
energia exorbitantes, e nada melhor que evitar que isso aconteça. Nunca é tarde para poupar
energia em casa, e isto até pode ser fácil se tiver uma atitude responsável e constante. No entanto, e antes de revermos alguns conselhos, saiba que existem alguns apoios para evitar uma despesa
tão elevada nestes serviços.

Comparticipação de 10 euros para garrafa de gás
Nos próximos três meses, o Governo colocou à disposição um apoio de 10 euros por mês para a
compra das garrafas de gás para os beneficiários da tarifa social de eletricidade e gás natural.

Para beneficiar do apoio, os titulares dos contratos de energia devem dirigir-se a um dos balcões
dos CTT com o cartão de cidadão e uma fatura de energia que indique nome completo e NIF e em
como é beneficiário da tarifa social, e que comprove aquisição da garrafa de gás.
O apoio terá início em Abril e prolongar-se-á até dia 30 de junho de 2022.

Formas de evitar que a conta de energia dispare
Poupar energia, além de ajudar o ambiente, ajuda também as suas finanças, pelo que nunca é
tarde para criar este hábito. Verá que vale a pena, e mais ainda, se os juntar aos apoios sociais,
caso tenha direito a eles. Fique com algumas dicas:

Apague as luzes sempre que sair de uma divisão
Um hábito básico a ser desenvolvido e incentivado é certificar-se de sempre apagar as luzes ao sair de uma divisão e claro, ao sair de casa. Se adquirir esse hábito que é tao simples, estará a
poupar energia elétrica que notará no final do mês.

Use luzes LED
Muitas famílias estão a adoptar luzes LED inteligentes, pois são muito mais eficientes do que as
lâmpadas tradicionais.

Mude para eletrodomésticos mais eficientes
Está claro que nem todas casas podem arcar com este conselho, mas se os seus eletrodomésticos
forem antigos, deve ponderar mudar para outros mais eficientes, e ver isto como um investimento.
As máquinas de secar e os frigoríficos são dois dos aparelhos que mais consomem energia e
substituí-los por modelos mais eficientes pode reduzir muito o consumo de eletricidade para
metade. Por isso, se tiver essa possibilidade, aposte nos eletrodomésticos classificados com a etiqueta A das classes energéticas. A instalação de bombas de calor é outra ideia para reduzir o consumo de eletricidade.
No geral, a manutenção e substituição de eletrodomésticos pouco a pouco, ajuda a reduzir os
gastos com a luz.

Desconecte os dispositivos
Não deixe aparelhos em stand-by, desconecte-os sempre. Esta situação gera o chamado
“consumo fantasma”. Se acha que pequenos dispositivos não gastam nada, saiba que está
totalmente errado.

Reduza o uso de água
Outro hábito simples é reduzir o consumo de água. Para fazer isso, é melhor tomar um banho
rápido, usar apenas a quantidade de água necessária para cozinhar, fechar as torneiras quando
não as necessitar.

Mantenha o termostato em uma temperatura mais baixa
Tente manter o termostato com uma temperatura mais baixa, à volta dos 17-18 graus, já que isso
pode fazer uma grande diferença e poupar nos custos de energia. Usar um termostato inteligente
programável é ainda melhor.

Use dispositivos automatizados inteligentes
Os dispositivos automatizados inteligentes podem reduzir as suas contas. Os sistemas de
domótica estão no auge e detectam quando deixou de usar um dispositivo, fazendo com que se
desliguem automaticamente.

Cozinhe sempre com a tampa
Este é um truque super simples no dia a dia para poupar no consumo de energia, cozinhar com a
tampa reduz significativamente o tempo de cozedura dos alimentos e o uso de água.

O microondas é um bom aliado

O microondas consome muito menos energia do que o forno ou placa vitrocerâmica. Existem
muitos alimentos que podem ser cozinhados no micro-ondas e na internet encontra muitas
receitas que pode aplicar.

Máquina de lavar a baixas temperaturas
Lave a roupa a baixa temperatura e com carga total, o que permitirá poupar eletricidade.

Dispositivos que funcionam a energia solar

Atualmente pode-se encontrar de forma muito fácil qualquer dispositivo que funciona a energia solar. Fazer pequenas mudanças e usar mais dispositivos eletrónicos que funcionem com a energia emitida pelo sol pode ajudar bastante e também reduzir os custos de manutenção e substituição desses dispositivos eletrónicos.

Evite a máquina de secar roupa
Evite usar a máquina de secar roupa para suas roupas: seque roupas nos estendais e ao ar livre
quando possível.

Troque a sua banheira por um chuveiro
O chuveiro é mais barato no consumo de água do que a banheira. Se considerar essa mudança,
saiba que ela permite poupar também na água.

Encha a sua máquina de lavar loiça
Ligue a máquina de lavar louça apenas quando estiver cheia para reduzir a quantidade de água a
utilizar. Além disso, usar programas em baixa temperatura significa uma poupança extra.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo