Local

Dono de bar acusado de simular furto para ficar com indemnização do seguro (NA)

O Ministério Público (MP) pediu a condenação do dono de um bar em Maceda, concelho de Ovar, por simulação de furto.

O arguido usou aquele expediente, segundo a acusação, para enganhar a companhia de seguros, e conseguir uma indemnização de 17 mil euros, que agora é reclamada pela assistente.

O empresário responde no tribunal da Comarca de Aveiro por crimes de burla, falsificação de documentos e furto.

“Simular o furto foi muito simples, arrombou uma porta, destruiu a ligação do alarme e retirou bens”, disse a Procuradora nas alegações finais a dar como provada a acusação. (Ler artigo completo)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta