Carnaval

Escola de samba foi assaltada e não vai desfilar

standcf80storecarnaval

A escola de samba Carioca anunciou que não vai poder participar no desfile de Carnaval de Miranda do Corvo, em Coimbra, que decorre este domingo, por ter sido alvo de um assalto na sua sede, em Válega. As instalações foram violadas por desconhecidos que furtaram instrumentos musicais, como caixas e tamborins, e danificaram peças de vestuário indispensáveis para a actuação.

O presidente da direcção, Augusto Marques, confirma a existência de prejuízos, lamentando os estragos deixados nas fantasias, sem as quais não poderão desfilar. O assalto aconteceu esta semana e, embora a sede fique junto da casa do responsável, este só se apercebeu pela manhã, tendo ficado bastante abalados pela situação, pois o recheio do edifício não tinha seguro.

A escola de samba Carioca foi fundada em 1993, das “cinzas” da Império Ovarense e, apesar de não desfilar no Carnaval de Ovar, percorre o país de Norte a Sul, tendo sido atracção dos desfiles dos últimos anos do Carnaval de Samora Correia, no Ribatejo.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo