CulturaPrimeira Vista

Esculturas de Carmen dos Santos a não perder no Museu

Com o titulo “Olhares que emanam formas”, a escultora e pintora com atelier em Sintra, Carmen dos Santos, tem agora no seu já vasto currículo artístico, a mostra da sua obra também no Museu de Ovar.

As obras expostas, inauguradas no sábado (8 agosto), na Sala dos Fundadores, sempre com formas do corpo de mulher, são acompanhadas por textos de obras literárias de autores, como: Adalberto Alves, Teixeira de Pascoaes, Virgílio Ferreira, Camões, ou Vinicius de Moraes, que adequados a cada peça escultórica.

Por exemplo, na obra “Menina do Mar”, Carmen dos Santos juntou poesia de Sophia de Mello Breyner – “No fundo do mar há brancos pavores, Onde as plantas são animais E os animais são flores. (…)”. Já de Virginia Woolf a artista sistetizou: “As mulheres durante séculos, serviram de espelho aos homens (…)”, enquanto que de Eugénio de Andrade se destaca: “Foi para ti que criei as rosas. Foi para ti que lhes dei perfume. Para ti rasguei ribeiros e dei às romãs a cor do lume”.

Mas o profundo desafio à contemplação desta exposição pode-se encontrar nas palavras de um outro autor, Auguste Rodin: “A arte é contemplação; é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que a natureza também tem alma”.

Carmen dos Santos afirma que este seu trabalho, “Olhares que emanam formas” é uma exposição que “integra diversas fases do meu percurso escultório, e não obdece a nenhuma temática especifica”, acrescentando que, “Nela espero que se identifiquem, se interroguem e apreciem, pois nós passamos mas a obra fica.”

A artista agradeceu a hospitalidade com que foi recebida pelo Museu de Ovar, num agradecimento que se estendeu aos presentes e a todos que visitem a exposição porque, como diz, “a obra do artista só se completa com o retorno que recebe do outro”.

O director do Museu de Ovar, Manuel Cleto, realça que “esta é a segunda exposição de escultura aqui realizada” em mais de meio século de vida desta instituição ao serviço da cultura.

Nascida a 11/08/1968, Carmen dos Santos possui licenciatura no Curso de Escultura da Faculdade de Belas Artes de Lisboa e Bacharel do Curso de Escultura da Academia de Belas Artes de Moscovo.

A exposição pode ser visitada até dia 5 de setembro na Sala dos Fundadores.

JL

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo