LocalSlider

Esmoriz: Desassoreamento aguardou saber se havia lampreia na Barrinha

O início do desassoreamento da Barrinha de Esmoriz esteve a aguardar a conclusão de um estudo para saber se os trabalhos teriam impacto na… lampreia.

O presidente da Câmara Municipal de Ovar já havia manifestado a sua surpresa perante esta exigência, mas ontem, Ribau Esteves, autarca de Aveiro que lidera a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA), citado pela Rádio Terra Nova, assumiu que no caso da Barrinha de Esmoriz, “para a história, ficam imposições como o estudo sobre a lampreia que a Barrinha nunca teve”.

“É burocracia a mais, são exigências a mais”, vincou. “Nunca ninguém viu lampreias na Barrinha de Esmoriz mas, fomos obrigados a fazer um estudo sobre a presença da lampreia e o impacto da obra na lampreia. Custou-nos 5 mil euros. Ficámos a saber o que já sabíamos. Não há lá lampreias”.

Assim, Salvador Malheiro, adiantou, em entrevista à Rádio Voz de Esmoriz, que as obras de valorização ou reabilitação da Barrinha deverão ocorrer apenas no próximo ano de 2015.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo