LocalSlider

Esmoriz: Golfinho deu à costa com a cauda cortada

Os Bombeiros Voluntários de Esmoriz foram, na terça-feira, alertados para um golfinho que teria dado à costa, pelas 14h30, na praia esmorizense. O comandante Miguel Gomes contou ao Diário de Aveiro que o animal já estava morto quando os seus homens chegaram, mas “teria morrido há poucas horas”.

O que mais chocou os voluntários e alguns populares que por ali andavam àquela hora foi verificar que o animal tinha a cauda cortada, tendo sido este feri8mento a causa mais provável da sua morte.
Os golfinhos aproximam-se das águas mais frias para procurar alimento e ficam muitas vezes presos nas redes. Ora, para que estres não danifiquem as redes ao tentar sair, é possível que os pescadores lhes cortem a cauda.

Miguel Gomes não confirma esta possibilidade mas assegura que o animal tinha todos os indícios de ter sido cortado por objecto com lâmina.
Depois de retirado do oceano, verificou-se que o golfinho tinha cerca de 200 quilos e 1,60 metros.

Os Bombeiros Voluntários de Esmoriz contactaram a Rede de Apoio Marítimo que enviou uma equipa de Braga para recolher o animal para análises. Estiveram no local uma Ambulância de Socorro e um Veículo de Comando Táctico, com um total de 5 homens.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta