LocalPrimeira Vista

Esmoriz: Vítima estava a ser acompanhada

Maria de Fátima,  assassinada à facada pelo marido, José Costa, em março de 2017, em Esmoriz, estaria a ser acompanhada pelos serviços de saúde.

A mulher, de 51 anos, sentia-se ameaçada e procurou ajuda e foi a 45 consultas, desde 2014.

De acordo com uma avaliação da Equipa de Análise Retrospectiva de Homicídio em Violência Doméstica, citado pelo Correio da Manhã, revelaram-se “oportunidades perdidas de ação”.

O homicida foi condenado a 15 anos e meio de cadeia.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo