LocalSlider

Espinho aprovou projecto de requalificação ambiental da Barrinha

O Projecto de Execução da Requalificação e Valorização do “Sítio” da Barrinha de Esmoriz-Lagoa de Paramos foi aprovado, por unanimidade, em reunião da Câmara de Espinho, apenas no passado dia 9 de novembro de 2015

A área de intervenção está inserida dentro do Sitio de Importância Comunitária (SIC) e abrange uma área de cerca 197ha (hectares), dos quais 86ha localizam-se no concelho de Espinho. Na opinião das autraquias, sendo que os Municípios de Espinho e Ovar são detentores de um elemento identitário tão singular, a Barrinha de Esmoriz-Lagoa de Paramos constitui um sistema com elevado valor paisagístico, faunístico e florístico.

“Esta lagoa costeira é o espaço natural mais importante do concelho de Espinho e de Ovar e um dos mais importantes em todo o litoral a norte da Ria de Aveiro”, frisou Pinto Moreira, presidente da edilidade.

A competência da execução da empreitada de Requalificação e Valorização da Lagoa de Paramos/Barrinha de Esmoriz é da Polis Litoral da Ria de Aveiro e o processo de estudos, planeamento e pareceres decorre desde 2011, com contributos técnicos dos dois municípios, da APA e de outras entidades com a tutela territorial.

Em termos gerais, a intervenção prevê a recuperação do Sistema Aquático, a recuperação do Dique Fusível e Consolidação da Natureza, a requalificação das Margens da Barrinha e do Cordão Dunar e a realização de Percursos e Zonas de Estada e Lazer, onde estão incluídos trabalhos de instalação de passadiços e caminhos, de pontes, de cais flutuante e de observatório das aves.

A empreitada prevê ainda a execução e melhoramento dos parques de estacionamento e instalação de pórticos e mobiliário urbano.

Segundo o comunicado da Câmara de Espinho, “o cronograma do Projecto de Execução prevê que a empreitada será realizada num prazo de aproximadamente 20 meses”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta