DesportoFutebolPrimeira Vista

Ex-treinador da AD Ovarense Futebol suspeito de assédio sexual

O ex-treinador da equipa feminina da AD Ovarense Futebol, contratado há cerca de um mês pelo Famalicão, Miguel Afonso  está a braços com suspeitas dos tempos em que treinou o Rio Ave: várias jogadoras acusaram-no de alegado assédio sexual, noticia, esta quinta-feira, o jornal “Público”.

“No final dessa época desportiva [2020/21], teve o Rio Ave FC conhecimento de alguns comentários circunstanciais relatados por atletas, relativamente a alegadas abordagens despropositadas do treinador. Confrontado com o assunto, o técnico negou tais situações e, a pedido das atletas, o assunto não teve seguimento”, lê-se num comunicado do clube.

Miguel Afonso, de 40 anos, terá trocado mensagens íntimas com jogadoras do emblema da Foz do Ave, com idades entre os 18 e 20 anos. O emblema vila-condense assume ainda não ter conhecimento de “qualquer queixa formal e oficial de nenhuma atleta junto das autoridades”, de alegado assédio sexual do treinador a futebolistas. O treinador reagiu à CNN Portugal: “Há algo de estranho aqui montado”.

O clube vareiro não teve conhecimento de alegados casos de assédio sexual e por isso nada tem a dizer do técnico no período em que esteve ao seu serviço. Aliás, o treinador pouco tempo esteve em Ovar, tendo surgido o interesse dos responsáveis do clube minhoto que avançaram com a contratação.

Em comunicado, o emblema famalicense explica que “ao momento da contratação do técnico, e até ao dia de hoje, não tem conhecimento de nenhuma acusação ou denúncia às autoridades competentes que recaia sobre o técnico Miguel Afonso”.

A FPF detém um canal para denúncias anónimas deste tipo de casos ou outros ilícitos, como manipulação de resultados ou apoio à imigração ilegal.

A Federação Portuguesa de Futebol informou que vai instaurar um processo disciplinar.

Sobre este assunto a direcção da AD Ovarense emitiu um comunicado que transcrevemos:

Perante as recentes acusações recaídas sobre o treinador Miguel Afonso, antigo treinador da equipa feminina da Associação Desportiva Ovarense Futebol, fazemos saber o seguinte:

1. O treinador Miguel Afonso, esteve ao comando da equipa sénior feminina da Associação Desportiva Ovarense Futebol de 20 de outubro de 2021 até o passado dia 5 de setembro do corrente ano.

2. Antes, durante e após a passagem do treinador Miguel Afonso pela Associação Desportiva Ovarense Futebol, não tivemos qualquer conhecimento ou suspeitas das acusações que o treinador está a ser alvo.

3. Após termos tido conhecimento pela comunicação social sobre as acusações recaídas sobre o treinador Miguel Afonso, a estrutura de futebol feminino da Associação Desportiva Ovarense Futebol, contatou todas as nossas atletas que tinham sido treinadas pelo treinador Miguel Afonso, ao que nenhuma referiu ter sido alvo de qualquer tipo de assédio por parte do treinador.

4. A saída do treinador Miguel Afonso do comando técnico da Associação Desportiva Ovarense Futebol, deveu-se, só e apenas, ao fato do treinador ter manifestado vontade de abraçar um novo desafio profissional.

5. A Associação Desportiva Ovarense Futebol, não se prenuncia sobre o caso em concreto, no entanto, condenamos e repudiamos veemente todas e quaisquer formas de abuso, violência ou atitudes desrespeitosas, seja com quem for.

6. A Associação Desportiva Ovarense Futebol estará sempre disponível para o cabal apuramento de verdade.

Ovar, 30 de setembro de 2022″

(Noticia actualizada às 19h do dia 30.09.22)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo