LocalPrimeira Vista

Executivo aprova contas com uma taxa de execução de 84 por cento

O Relatório de Gestão e Contas do Município de Ovar 2016 foi hoje aprovado, sem votos contra, em sede de reunião de Câmara.
Salvador Malheiro, presidente da edilidade, partilhou os pontos essenciais do documento com todo o executivo municipal e as chefiasd os trabalhadores do município, referindo que “este é um documento que nos deve deixar satisfeitos pelo resultado obtido”.

2016 foi um ano de “acção, de concretização, em que se fez”. “Um ano em que conseguimos concretizar uma série de objetivos e projetos que estavam há muito tempo a ser pensados”, adiantando que apesar do forte investimento “não descuramos as contas e mantemos uma boa situação financeira”.

De acordo com o presidente da Câmara, com um Orçamento de cerca de 39 Milhões de euros assistiu-se a uma taxa de execução global de 84% na receita e de 70% na despesa.

A autarquia procedeu a um investimento directo superior a 5,7 Milhões de euros, ao qual acresce um investimento indirecto quer pelas transferências efectuadas para as Juntas de Freguesia e Instituições sem Fins Lucrativos quer, ainda, através da AdRA, da Sociedade Polis e da Lusitânia Gás, perfazendo um investimento total superior a 10 Milhões de euros.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo