Cultura

Exposição homenageia Aristides Sousa Mendes

Numa parceria com o Agrupamento de Escolas do Carregal do Sal, a Delegação da Ordem dos Advogados, de Oliveira de Azeméis, inaugurou, neste fim de semana, a exposição colectiva, itinerante, de Arte Contemporânea, denominada “SER consciência … 30/1000 por 1 VIDA” – Caminhos da MEMÓRIA, na Casa Museu Regional.

O certame é uma homenagem ao “maior humanista do século XX que foi o Jurista Aristides de Sousa Mendes, que exerceu, durante muitos anos, a carreira diplomática, em diversos Países, e que, tendo sido Cônsul Português em Bordéus de 1938 a 1940, se tornou o famoso, intemerato e altruísta diplomata”. Tornou-se conhecido por desrespeitar as ordens de Salazar e, seguindo os ditames da sua consciência e obedecendo aos superiores valores do Direito Natural, da Ética e da Moral, concedeu milhares de vistos de ida para Portugal aos Judeus perseguidos pelos Nazis, salvando muitas e muitas vidas humanas, à custa da expulsão do seu cargo, da proibição do exercício da advocacia do sacrifício do futuro dos seus 14 filhos.

Aristides nasceu a 19 de Julho de 1885, em Cabanas de Viriato, concelho de Carregal do Sal, Distrito de Viseu, e formou-se em Direito na Universidade de Coimbra, em 1907.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo