CulturaSlider

“Falsas Perspectivas”: Exposição de pintura de Sílvia Carreira

Na exposição que está patente na Biblioteca Municipal de Ovar, Sílvia Carreira reinventa uma técnica antiga – as colagens – utilizadas num amplo espectro de linguagens.

Loly Demercian explica que a artista manipula “impressos de jornais e revistas, abandonados por motivos diversos e Sílvia em suas colagens, dá-lhes nova identidade, transformando-os em novos conceitos e formas”.

“Com uma visão peculiar, colando sobre uma superfície vermelha, em camadas embalsamadas, intervém na hierarquia do código e lhe dá um novo significado”, o resultado é para o especialista em arte, “surpreendente: o espectador é convidado a perquirir a crise económica e cultural Europeia, de sonhos acabados; o abandono de tudo aquilo que o homem construiu; a cultura esquecida, criando a sensação de cidade fantasmagórica”.

Os recursos que Sílvia Carreira usa para reproduzir esses efeitos sobre aquele que olha são realmente perturbadores. Parafraseando Régis Debray, “como ver aquilo que nos cega, se o que nos faz ver o mundo é mesmo que nos faz ficar cegos em relação a ele?”

A exposição “Falsas Perspectivas” fica patente na Biblioteca Municipal até 24 de Outubro.
Sílvia Carreira nasceu no Porto, em 1966. Trabalha em Matosinhos.
Percurso académico e artístico:
Curso da Escola Soares dos Reis. Curso Superior de Pintura da Escola Superior Artística do Porto. Workshop “Engenheiros da Imaginação”, Fundação Calouste Gulbenkian, orientado pela Welfare State. Estágio de gravura no Museu Soares dos Reis, Porto. Bolseira da Fundação da Juventude / Programa “Ir e Descobrir”, Londres, 1992. Workshop de litografia e gravura na Cooperativa Árvore, Porto, 1996. Apresentação do trabalho “Imagem de Vivências e Emoções” no 5º Congresso de Psiquiatria de Língua Portuguesa e 1º Congresso Luso-Brasileiro de Psicologia, Manaus Brasil, ano 2000. Fundadora e diretora da Associação de Desenvolvimento Cultural “A Academia”, de 2004 a 2007. Diretora artística do Super Bock Club – B Flat/ Galeria, de 2008 a 2010.

Principais Exposições Individuais:
2014 “Falsas Perspectivas nº4”, Casa Museu Soledade Malvar, Famalicão.

“Falsas Perspectivas em 14 Metros de Azul”, Espaço Mercado Lionesa, Leça do Balio.

2013 “ Falsas Perspectivas”, Casa Galeria, São Paulo, Brasil.
2011 “ Falsas Perspectivas“, Galeria dos Paços do Concelho de Aveiro.
2009 “Fio Condutor“, Galeria Super Bock Club Bflat, Leça da Palmeira.
“ Falsas Perspectivas no Caminho Azul“, Galeria Alvarez Miguel Bombarda, Porto.
2008 “Cumplicidades“, Galeria Alvarez, Porto.

Principais Exposições Coletivas:
2015 1ª Bienal de Arte de Gaia, Vila Nova de Gaia.
“Woman With (He) Art”, DaVinci Molduras Espaço D’Arte, Porto.
“7×7”, DaVinci Molduras Espaço D’Arte, Porto.
2014 “10+5 Artistas de Agora”, Museu Municipal de Resende.
“O Mundo em Italiano”, Fundação Dante Alighieri, Palácio do Freixo, Porto.
Coletiva dos Sócios da Cooperativa Árvore, Museu Soares dos Reis, Porto.
“Rosa-dos-ventos”, Casa Galeria Loly Demerciam, São Paulo, Brasil.

Prémios:
1995 – Prémio Fundação Rotária Portuguesa, Porto.
Prémio Henrique Silva, Câmara Municipal de Paredes.
1996 – Prémio de Aquisição, I Salão de Outono de Pintura, Corunha, Espanha;
1997 – Prémio Revelação Jovens Artistas / Câmara Municipal de Gaia, V. N. Gaia.
1999 – Prémio de Aquisição BMW – Baviera, X Bienal Internacional de Vila Nova de Cerveira.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta