Carnaval

Feriado obrigatório de Carnaval com “chumbo” garantido

O PS vai chumbar a proposta para tornar a terça-feira de Carnaval como feriado obrigatório. Esta era uma pretensão do Partido Ecologista “Os Verdes” e do PAN, que trouxeram esta quinta-feira o tema ao debate no plenário da Assembleia da República.

O PS diz que a medida não consta do programa eleitoral socialista e que a tolerância de ponto concedida pelo Governo e autarquias é suficiente.

“Consideramos que esta festividade é importante, há concelhos no nosso país que lhe dão uma relevância diferente de outros e consideramos que a confirmação da tolerância de ponto que a medida que o Governo, a administração local e as empresas podem determinar é suficiente para valorizar esta festividade. Esta não era uma proposta do PS. Em matéria de feriados, o PS já pôs em prática o seu compromisso, recuperando quatro feriados que o PSD tinha retirado aos portugueses”, afirma o deputado do PS Luís Soares.

Os socialistas chumbaram a proposta dos “Verdes” e a do PAN, juntamente com o voto do PSD e do CDS.
“Os Verdes”, pela voz do deputado José Luis Ferreira, lamentam o chumbo da proposta de decretar a terça-feira de Carnaval como feriado e alertam para o impacto da decisão.

“Pelos vistos, o que vai acontecer é que os serviços públicos, nomeadamente os centros de saúde, os hospitais ou os tribunais, vão ter que ficar à espera até às vésperas do Carnaval para marcar diligências para esse dia, porque não sabem se é feriado ou não”, lamentar José Luís Ferreira.

“Desafio PS, PSD e CDS a explicarem aos autarcas de Torres Vedras, Loulé, Sesimbra, Ovar, Canas de Senhorim, Alcobaça ou Mealhada porque é que vão ter que ficar com o coração nas mãos até às vésperas do Carnaval, porque vão ficar à espera que o Governo se decida ou não a atribuir o feriado nesse dia”, conclui o deputado dos “Verdes”.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo