CulturaSlider

Festa das Fogaceiras regressa a Santa Maria da Feira com várias actividades

Uma promessa feita pelo povo da Terra de Santa Maria a S. Sebastião, em 1505, para que o libertasse da peste; a cada ano, haveria oferta de fogaças e uma procissão em sua honra. No dia 20 de janeiro, feriado municipal, as ruas do centro histórico servem de palco a três iniciativas de acesso livre: o Cortejo Cívico, dos Paços do Concelho à Igreja Matriz, pelas 10h30; a Missa Solene com Bênção das Fogaças, às 11h, na Igreja Matriz; e a Tradicional Procissão das Fogaceiras, a partir das 15h30. Nesta última desfilam meninas do concelho integralmente vestidas de branco, com cintas coloridas e uma fogaça (pão doce) à cabeça.

Aquele dia constitui o auge da celebração religiosa, que os feirenses assinalam também Mundo fora, em países como Brasil, Venezuela ou África do Sul; mas, paralelamente, há um programa cultural já em curso. Dele constam diversas atividades, entre elas, a visita e oficina de expressão plástica “Fogaça ou Fogaceira?!”, destinada a pessoas de todas as faixas etárias. É organizada pelo Museu de Santa Maria de Lamas, até 31 de janeiro, de segunda a sexta, das 10h às 12h e das 14h30 às 16h30 (preço: 3 euros).

Especificamente para as crianças do pré-escolar a frequentar as atividades de animação e apoio à família, há a peça de teatro “Era uma vez as Fogaceiras”, que conta a sua história secular partindo de um cenário de biblioteca. Tem lugar de 10 a 19 de janeiro, às 15h30, nos jardins infantis do concelho, com entrada livre.

Outra proposta é o espetáculo de recriação histórica “S. Sebastião – O Piedoso”, centrado naquela figura central da festa. Decorre no Cineteatro António Lamoso, nos próximos dias 14 e 15, às 21h30, e no dia 16, às 16h (bilhetes desde 5 euros).

Os sabores locais também constam do programa, por exemplo, através da prova de vinhos “Fogaça com todos”, orientada pelo enólogo Osvaldo Amado, com fogaça e declamação de poesia para acompanhar. Realiza-se no dia 21, às 21h, na Escola Secundária de Santa Maria da Feira (entrada: 15 euros), com organização do Rotary Clube da Feira.

A Festa das Fogaceiras chega ao fim com o concerto “Em Filarmonia com Quinta do Bill”, que junta esta banda, com 35 anos de carreira, aos mais de 200 músicos das quatro bandas filarmónicas do concelho: Banda de Música de Arrifana, Banda Marcial do Vale, Banda Musical de Santiago de Lobão e Banda Musical de Souto. O espetáculo, em formato sinfónico, está agendado para o dia 29, às 21h45, no Grande Auditório do Europarque (preço: 10 euros).

O programa pode ser consultado, na íntegra, aqui.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo