DesportoFutebol

“Ficava a bater bolas paradas como o Cristiano Ronaldo” – Renato Santos

Nasceu em Ovar, mas cresceu na zona de Pardilhó, no concelho de Estarreja. 

Renato Santos fez todos os escalões de formação no Sporting, mas não conseguiu realizar o sonho de vestir a camisola da equipa principal do clube do coração.

Contratado pelo Rio Ave, foi emprestado ao Moreirense e ao Desportivo das Aves, antes de estrear-se no clube de Vila do Conde e na I Liga.

Diz que o achavam parecido com Ronaldo e tentou imitar o ídolo, sobretudo na marcação dos livres. Após a subida de divisão no CD Tondela, o Boavista viu valor no extremo que por lá ficou três anos, até partir para Espanha, onde jogou no Málaga.

A jogar actualmente no Torreense, Renato Santos, de 31 anos, quer demonstrar que tem capacidade de voltar à I Liga portuguesa, mas um regresso a Espanha, onde tem casa, em Málaga, também não está fora dos planos.

Com passagens pela Grécia e Coreia do Sul, onde encontrou homens e mulheres muito bonitos, com caras que parecem de porcelana, o extremo também jogou no Algeciras numa altura em que, confessa ao jornal Expresso, tomou más decisões.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo