Carnaval

Figueira da Foz destoa da Rede de Municípios da Região Centro com Carnaval

Pedro Santana Lopes está confiante na evolução da pandemia

A Câmara da Figueira da Foz vai manter os desfiles de Carnaval porque está confiante na evolução da pandemia da covid-19. Só mesmo o agravamento severo levará ao cancelamento, disse fonte do município.

“Para já, os desfiles não vão ser cancelados”, disse a mesma fonte, dando conta de uma reunião entre o presidente da autarquia, Pedro Santana Lopes, e os representantes da Associação de Carnaval de Buarcos/Figueira da Foz, mas sem se referir à Rede de Municípios da Região Centro com Carnaval.

Segundo a fonte, apenas foi adiado por uma semana o início dos eventos relacionados com os corsos carnavalescos, que continuam a ser preparados pelas três escolas de samba da cidade.

A Associação de Carnaval de Buarcos/Figueira da Foz mantém todos os preparativos, com reuniões regulares com a PSP e as autoridades de saúde do concelho, no sentido de conseguir um ou dois postos de testagem e implementar todas as medidas emanadas pela Direcção-Geral da Saúde.

Em declarações à agência Lusa, o vice-presidente da associação, José Gouveia, disse que a abertura do Carnaval previsto para 22 janeiro, com a apresentação dos reis do corso, foi adiada cerca de uma semana, mantendo-se a abertura oficial para 12 de fevereiro, num investimento previsto de 120 mil euros.

“Temos até 05 de fevereiro para ver como evolui a pandemia e decidir sobre a realização dos festejos”, disse o dirigente.

O Carnaval da Figueira da Foz integra a mesma rede que Ovar, Estarreja, Mealhada e Torres Vedras que já cancelaram todos os desfiles de rua relacionados com o Entrudo. A Figueira da Foz destoa e mantém a programação.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo