CulturaSlider

FIMO 2017 vai atribuir prémios aos melhores espectáculos de marionetas

Este ano, pela primeira vez, o FIMO – Festival Internacional de Marionetas de Ovar, que decorre nos dias 9, 10 e 11 de Junho, numa organização da União das Freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira (UFO), vai atribuir dois prémios e para isso vai ter um júri internacional que será constituído por Esmeralda Souto (presidente da Junta de Freguesia que organizou a primeira edição do FIMO), José Gil (autor, encenador, construtor de Marionetas), SergeValque (director artístico do Puppetbuskersfestival, de Gent, na Bélgica), EstelleMartinet (CompagnieMouka) e Severo Brudzinisky (Coordenador da Fundação Cultural de Curitiba, Brasil).

No final do certame, o Prémio do Júri será entregue ao melhor espectáculo. Bruno Oliveira, presidente da UFO, diz que se trata de aplicar em Ovar o mesmo procedimento que se replica nos melhores festivais de marionetas da Europa. “É uma prática que se vê nos melhores eventos e que funciona como um estímulo para as companhias”, defende. “Por isso vamos ter um prémio do júri e outro pelo público”, revelou em conferência de imprensa.

Em simultâneo, decorre a Feira de Artesanato que, este ano, vai ter um número recorde de participantes, que deverá ultrapassar os 25 expositores.

Da programação, o destaque vai para a presença de uma companhia do Egipto, que visita o nosso país pela primeira vez e que, segundo Nuno Pinto, coordenador do FIMO, “constitui a concretização de uma maior diversidade cultural no festival”.

Este ano, o FIMO 2017 vai oferecer 68 espectáculos, por 20 companhias, de 11 países, vindas de 4 continentes. Um aumento da oferta que levou a organização a agendar espectáculos no período da manhã (11 horas), no Parque Urbano, que acolhe as marionetas pela primeira vez.

Também a sede da Associação no Centro e o Museu de Ovar se estreiam no certame ao acolher alguns dos espectáculos fechados, juntando-se, neste particular, à Casa da Contacto e à Casa do Povo. Ao ar livre, os palcos estarão instalados no Jardim do Cáster, Chafariz do Neptuno, Largo do Tribunal, Capela de Santo António, Parque Urbano, Feira de Artesanato e Praça das Galinhas.

Todos os espectáculos são gratuitos, sendo que para os espaços fechados estão agendados os que têm lotação limitada.

COMPANHIAS
Armazém Produções Artísticas (Brasil)
–  Companhia brasileira que se dedica à criação e apresentação de espectáculos com formas animadas (marionetas, máscaras, teatro de sombras, etc.).

Companhia Boca de Cão (Portugal)
– Hugo Ribeiro e Joana Domingos fundaram a Boca de Cão, no início de 2015, no Festival Internacional Mar-Marionetas de Espinho, onde estreiam “Alforria” em 2016 e “Toque de Caixa” em 2017.

Contacto (Portugal)
– Depois de estrear “Cinderela”, no FIMO de 2015, a Companhia de Teatro Contacto, de Ovar, continua a mostrar trabalho e a explorar novos caminhos.

Elmahroussa (Egipto)
– Pela primeira vez em Portugal, a companhia egípcia Elmahroussa promete ser uma das atracções do FIMO 2017.

Fausto Barile (Itália)
– Fausto Barile é um personagem fantástico que esconde algo de especial no interior. Não tenha medo, ele está sempre disposto a mostrar-lhe o seu mundo mágico por dentro.

FifthWheel (Alemanha)
– Lisa Sallier traz-nos um espectáculo de marionetas que é uma comédia musical para toda a família.

Holoqué (Espanha)
– Companhia de performances de rua, apresenta o seu primeiro trabalho em que a personagem principal é um boneco holográfico.

PetitsMiracles (França)
– Companhia francesa criada por Jean-Dominique Kerignard, em 1996,que se dedica especificamente ao teatro de pequenas formas.

MárkusZinház (Hungria)
– MárkusZínház é uma companhia de teatro de fantoches húngara, fundada há 30 anos e que faz mais de 150 apresentações por ano na Hungria e não só.

Milena Milanova (Bulgária)
– Milena Milanova é uma artista búlgara que se dedica ao estudo das marionetas com alguns dos mais importantes marionetistas do seu país.

OH!Varioneta (Ovar, Portugal)
– Associação formada recentemente em Ovar para a promoção da marioneta.

Prana Teatro (Brasil)
– Companhia brasileira com inúmeras actuações nos mais importantes festivais do mundo

Rui Sousa (Portugal)
– O feirense Rui Sousa, que se estreou em 2000 no FIMO, graças às suas oficinas de livre acesso, está de regresso em 2017.

Scott Land (EUA)
– As marionetas de Scott Land são as preferidas das estrelas de Hollywood, sendo igualmente convidadas para anúncios de TV e participações em filmes.

Sofia Pimentão (Portugal)
– Sofia Pimentão traz a Ovar um espectáculo no qual um par de fantoches, ganha vida pelas mãos do marionetista.

SofieKrog (Dinamarca)
– SofieKrog fundou a companhia em 2003, na Dinamarca, sendo hoje profissional do teatro de marionetas cujo design lhe pertence, dedicando-se também à sua manipulação.

Tato Criação Cénica (Brasil)
–  Encenando um teatro essencial, Katiane Negrão e Dico Ferreira dedicam-se à pesquisa de uma dramaturgia física, onde parte do corpo ganha personalidade através do movimento.

WoodenHorse (Rússia)
– Companhia criada em 1980, em Leninegrado, por Igor Fokin, passou por S. Petersburgo e fixou-se nos EUA.

WoodToys (Ovar, Portugal)
– WoodToys pensou, desenhou e construiu o Carrossel do FIMO, no qual as crianças vão poder andar de cabeça à roda.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo