CulturaSlider

FIMO abriu com promessas de bom tempo e diversão garantida

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

O XII Festival Internacional de Marionetas de Ovar – FIMO 2018 foi oficialmente inaugurado, esta noite de quinta-feira, dando corpo a uma das novidades desta edição, ou seja, o certame passa a ter quatro dias. Na sessão de abertura, Nuno Pinto, director do FIMO, convidou todos a marcarem presença nos espectáculos agendados, com a promessa de diversão garantida e “com bom tempo, pois não vai chover”.

O presidente da Assembleia Municipal de Ovar, Pedro Braga da Cruz, saudou a União das Freguesias de Ovar (UFO) por “levar a efeito um evento que é um cartaz cultural da nossa cidade, o que não é fácil com os meios de que dispõe”. José Fragateiro, presidente da assembleia da UFO, enfatizou as quase 60 apresentações por companhias de nove países e a novidade do júri infantil que vai atribuir um novo prémio este ano.

O vice-presidente da Edilidade, Domingos Silva, felicitou a UFO por continuar a organizar o FIMO, nas suas palavras, “um marco na cultura vareira”, lembrando que o certame se iniciou com José Américo Sá Pinto, na altura, no executivo da junta de freguesia de Ovar, que estava na plateia esta noite.
Por fim, o presidente da UFO, Bruno Oliveira, destacou a “aposta ganha” que representa o FIMO, sublinhando a evolução e o envolvimento da comunidade que tem vindo a registar, convidando a todos para não perderem os “grandes espectáculos que passarão pelo FIMO nos próximos dias”.

A sessão prosseguiu com a apresentação do projecto U.DREAM e um concerto do duo holandês “Accordeon Melancolique”.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta