PolíticaSlider

FIMO ‘chumbado’ no OP Ovar 2014/15

A União das Freguesias abriu, esta quinta-feira, as suas instalações de Ovar para receber mais uma sessão de participação do OP Ovar 2014/15, uma iniciativa do Município.

A sessão, em que foram apresentadas 10 propostas, excluídas 2 e aprovadas 5, foi marcada pela polémica em torno da apresentação do regresso do FIMO – Festival Internacional de Marionetas de Ovar, por Joaquim Barbosa, o autarca responsável pela extinção do certame quando foi eleito presidente da junta ovarense, alegando razões orçamentais.

A proposta do FIMO não foi das mais votadas, tendo sido reprovada, tendo passado propostas de José Pereira para a construção de um Parque Municipal do Furadouro; de Vasco Guimarães que defendeu um Polidesportivo São Miguel; Ria de Ovar, a Ciclovia e a Canoagem – Infra-Estrutura no Carregal, foi a ideia de Daniel Silva; Iluminação Pública Eficiente no Concelho de Ovar, de Carlos Baldaia e o Melhoramento/Coordenação de Apoios/Assistência Social, da autoria de Miguel Vieira Pinto.

A aprovação destes projectos não quer dizer que venham a efectivamente implementados, alertou Domingos Silva. Para já, seguem, para a comissão de análise que os vai avaliar.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta