LocalPrimeira Vista

Furadouro perdeu “Qualidade de Ouro”

Em vésperas do arranque da época balnear 2022, a Quercus divulgou a listagem das 440 praias distinguidas com “Qualidade de Ouro”, um número recorde na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais.

Apesar do número de praias distinguidas, o Furadouro não vai exibir este galardão pois não reúne condições para isso, segundo a Quercus.

Por outro lado, a praia de Esmoriz, que nos últimos anos não tem exibido o galardão, devido a descargas poluentes da Barrinha, recuperou o epíteto e junta-se a Cortegaça, Maceda e Marretas que mantêm a “Qualidade de Ouro”.

Critérios para atribuição do Galardão

De acordo com os critérios definidos em 2022, para receber a classificação de “Praia com Qualidade de Ouro”, a água balnear tem de respeitar os seguintes critérios:

  •  Qualidade da água excelente nas últimas quatro épocas balneares de 2017 a 2020(*);
  •  Todas as análises realizadas na última época balnear (2021) deverão ter apresentado resultados melhores que os valores definidos para o percentil 95 do anexo I da Diretiva relativa às águas balneares; isto é, para águas costeiras e de transição, todas as análises deverão apresentar valores inferiores a 100ufc/100ml para os Enterococos intestinais e inferiores a 250ufc/100ml para a Escherichia coli, e para águas interiores, 200ufc/100ml e 500ufc/100ml, respetivamente
  •  Na última época balnear (2021), não poderá ter ocorrido qualquer tipo de ocorrência/aviso de desaconselhamento da prática balnear, proibição da prática balnear e/ou interdição temporária da praia.

Esta avaliação baseia-se na informação pública oficial disponível, tendo apenas em consideração as análises efetuadas nos laboratórios das diferentes Administrações Regionais Hidrográficas.

 
Refira-se que a praia fluvial da Mamoa, em Santa Maria da Feira, também tem a qualidade de ouro na época balnear que decorrerá de 10 de junho a 18 de setembro.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo