PolíticaPrimeira Vista

Greves de funcionários e juízes afectam Tribunal

[themoneytizer id=”16574-1″]

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses informou que, em Ovar, a greve foi de 100 por cento, só sendo assegurados os serviços mínimos. Esta terça-feira foi o primeiro de 21 dias de greve dos juízes, num protesto intercalado que conta com datas marcadas até ao próximo ano. Em causa está a falta de acordo na revisão do Estatuto dos Magistrados Judiciais (EMJ), que não contempla questões remuneratórias e de carreira há muito reivindicadas.

Hoje, foi ainda o segundo dia de greve dos Oficiais de Justiça, com o Núcleo de Ovar a aderir igualmente a 100%. A greve é convocada pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça que contesta ainda a falta de funcionários, o congelamento das promoções profissionais, o regime de aposentação e a nova tabela salarial da classe, que ainda está a ser negociada entre os sindicatos e o Governo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo