DesportoFutebolSlider

Grupo de sócios da ADO quer marcar Assembleia Geral

... e lança apelo à subscrição de todos os sócios que se preocupam com o clube

“A Associação Desportiva Ovarense Futebol atravessa um período sabidamente conturbado, que encontra na iminente despedida do estádio Marques da Silva a sua mais triste ilustração”, começa por dizer um grupo de associados para justificar o pedido que enviou à direcção e ao presidente da Mesa da Assembleia do clube.

Estes associados recusam ficar parados pelo que, atendendo à “relevância que o clube mantém para a comunidade local”, entregaram, no passado dia 7 de abril, um pedido de convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária, contando com a assinatura de 75 sócios.

O pedido, dirigido ao Presidente da Assembleia Geral, acabou por ser recusado, com a justificação de que o total de signatários com os requisitos estatutários necessários para a subscrição do documento não perfazia o número exigido de 25% dos associados.

Em causa estaria o facto de vários associados signatários se apresentarem em incumprimento do pagamento de quotas. Alguns destes sócios, verificou-se posteriormente, “têm as suas quotas pagas com mais de um ano de adiantamento”, lamenta o grupo.

Os promotores da AG acreditam, no entanto, na boa fé de todos e que “exemplos como estes corresponderão a pequenas falhas administrativas, compreensíveis num clube com uma estrutura não-profissional”. Não obstante, consideram que “são falhas que comprometem a transparência do único processo que permite à massa associativa pedir contas à Direcção do clube”. Entendem que, “numa altura em que se multiplicam rumores sobre diferentes facetas da vida interna do clube, essa necessidade de transparência reveste-se de uma urgência acrescida”.

Assim, convidam a Direcção a tomar a iniciativa e convocar uma Assembleia Geral Extraordinária, como preveem os Estatutos do clube, “auscultando e respondendo às dúvidas dos mesmos sócios que a elegeram há menos de um ano”.
Todavia, e num clube que se orgulha da sua estrutura e história democrática, entendem que os sócios “nunca poderão ficar à mercê da boa vontade de qualquer Direcção”. Assim, anunciam desde já que vão avançar para “uma nova recolha de assinaturas, lançando o apelo à subscrição de todos os sócios que – mais ou menos afectos à actual Direcção – valorizem acima de tudo a lisura e a saúde democrática da Associação Desportiva Ovarense”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo