CulturaSlider

Dúvidas sobre a relevância do armário judaico de São Vicente de Pereira

Especialistas contactados pela Câmara Municipal de Ovar revelaram dúvidas sobre a importância história do armário judaico encontrado em São Vicente de Pereira.

O tema surgiu na última reunião do executivo com o presidente Salvador Malheiro a confirmar que “surgiram dúvidas se seria aquilo o que se pintava no inicio”. Mesmo assim, por considerar que é “de elementar justiça para os vicentinos, decidimos avançar com um projecto independentemente do valor imaterial que possa ter”.

O chefe do executivo recordou que o Ekhal, como também é conhecido, tem uma candidatura aprovada no âmbito do DLBC, no sentido de criar condições que permitam às pessoas visitar o espaço que se encontra classificado pela DGPC centro.

O vereador da Cultura, Alexandre Rosas salientou que são apenas “opiniões”, garantindo que “há ali algo de interesse”. Sendo assim, informou que o Município está a preparar um espaço memória multidisciplinar, preparado para acolher palestras, exposições e trabalho de campo, pois “não se resume ao armário judaico”.

Em face da falta de consenso dos peritos sobre a importância do altar, o vereador socialista Artur Duarte aconselha “prudência” até haver certezas sobre a importância histórica do lugar “antes de se promover a sua utilização e capitalização”.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta