CulturaPrimeira Vista

Hélder Reis passa o Natal entre as abelhas

Mel, pólen, própolis, colmeias e abelhas. Elas são a nova paixão de uma das caras mais reconhecidas da RTP, Hélder Reis.

Este ano, os doces de Natal com mel (ou calda de mel) são a sugestão do apresentador natural de Esmoriz que também é escritor e passou a ser o novo repórter do programa “A Nossa Tarde”, onde conta, todas as sextas-feiras, histórias de pessoas que vale a pena conhecer.

Depois de duas décadas na “Praça da Alegria”, Hélder Reis iniciou, recentemente, um novo desafio como repórter do programa “A Nossa Tarde”, na RTP.

Contudo, e apesar do sucesso televisivo e dos lançamentos literários profícuos, nos últimos cinco anos abraçou o gosto que diz sempre ter tido pela “terra, pela natureza, pela agricultura” e lançou-se com um sócio como apicultor, em Valle das Corujas, em Marcarenhas, Mirandelas (Trás-os-Montes).

“Decidimos pela apicultura, que era muito pouco explorada, e quisemos vender mel e explicar os benefícios dos produtos da colmeia, o mel, o pólen e o própolis aliado a um conceito de ‘lifestyle’ de passear e viver mais perto da natureza.”

“Culpa” a mãe por esse “chamamento” para a natureza. “Os meus pais tinham uma horta e recordo gostar de andar descalço na terra fresca e molhada.” Hoje, sobretudo, e apesar do muito trabalho que dá a apicultura, gosta da boa energia que a natureza lhe dá e ainda produz azeite e amêndoa.

É nos fins de semana e folgas da televisão que vai para o apiário e deixa de lado o stress. “Ser apicultor é um exercício de concentração e de calma. As abelhas são ultrassensíveis a odores e movimentos bruscos. As coisas só correm mal quando faço movimentos apressados ou sou mais desajeitado.”

E, claro, há picadas “mas o fato protege da quantidade de veneno que as abelhas injectam”.

O mel preferido é o de castanheiro, “muito intenso, com sabor a madeira com um carácter muito especial”.

Há um um truque para evitar o pânico quando uma abelha se aproxima: “É fazer o oposto do que todos fazem, o truque é mantermo-nos zen.”

Hélder Reis é, pois, um dos rostos mais acarinhados da RTP, onde trabalha há 20 anos. É formado em Teologia pela Universidade Católica e em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto. Iniciou o seu percurso no canal público em 2000. Apaixonado pela escrita, Hélder já escreveu sete livros: três de poesia, três infantis e um de histórias de Portugal.

É autor dos livros Rostos de Mar, Gestação de Chuva e Branco; dos livros infantis A Aldeia da Casa Magia, Uma Lágrima Chamada Sal e Clara, A Menina das Cores e do livro Lendas, Mitos e Ditos de Portugal. Hélder Reis é ainda o vocalista da banda Pólen.

O apresentador da RTP foi condecorado com a medalha de mérito do Município de Ovar, a terra da mãe e o seu “berço”. Uma condecoração por isso especial para o profissional da RTP: “Sinto que as minhas origens dão sentido ao meu futuro. Foi muito emocionante ser homenageado pela Câmara de Ovar. A medalha de mérito municipal, cobre, é uma responsabilidade. Se merecia? Acho que não [pois] há tanta gente a fazer mais pela terra, mas seria incapaz de recusar. Sou grato a todo o executivo e assembleia e em especial ao presidente Salvador Malheiro, por quem nutro enorme estima“.

Na nossa região, os produtos do Valle das Corujas podem ser encontrados em Esmoriz, Espinho e Aveiro.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo