LocalSlider

Homem nega intenção de matar ex-esposa (NA)

Um homem de 41 anos confessou, parcialmente, a acusação de violência doméstica que lhe foi imputada por repetidas ameaças à ex-esposa, inclusivamente de morte, embora negando que tivesse atuado num quadro de alcoolismo.

O serralheiro, detido preventivamente desde maio passado, responde no tribunal de Aveiro ainda por resistência e coação sobre funcionários, no caso militares da GNR que o abordaram em Arada, Ovar, quando, empunhando uma chave de fendas, tentava obrigar a filha, de 21 anos, a dizer onde estava a mãe.

Num episódio violento anterior, refere a acusação do Ministério Público, o homem chegou a surpreender a ex-esposa, de manhã cedo, em casa, ameaçando-a de morte com uma faca de cozinha que levava na mão em retaliação “recusar a viver com ele” e querer o filho entregue a familiares.

(Ler artigo completo)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta