Publicidade
Local

Identificado suspeito de lançar artefactos pirotécnicos

A Polícia de Segurança Pública (PSP) identificou um homem, de 29 anos, por ter na sua posse três artefactos pirotécnicos.

O suspeito encontrava-se no evento “A Cidade no Jardim”, em São João da Madeira, onde se reúnem associações, escolas e outras instituições sanjoanenses, a fim de mostrarem a sua atividade em dezenas de stands de exposição, e se leva a palco um programa diversificado de atuações,

Momentos antes, no espaço do evento, deflagrou uma bateria de fogo de artifício, a qual, após, alegadamente, ter tombado, provocou pânico generalizado, tendo o incidente resultado em 16 feridos, sendo que 3 tiveram de ser transportados para o hospital e os restantes assistidos no local, por uma equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e por elementos dos Bombeiros Voluntários de São João da Madeira.

publicidade

A PSP, de imediato, criou um perímetro de segurança no local e proximidades do incidente e um corredor de circulação de emergência, para a prestação do adequado socorro às vítimas, o qual foi efetivado, em coordenação com as Autoridades de Proteção Civil e de Saúde.

A Câmara Municipal de São João da Madeira procedeu à suspensão do evento e os bares foram encerrados, com a colaboração desta Polícia.

A PSP encetou, também, desde logo, diligências de investigação criminal, no sentido de apurar responsabilidades.

A PSP garante que tinha um policiamento adequado ao evento, tendo mandado avançar para o local, prontamente, o reforço constituído por uma Equipa de Intervenção Rápida (EIR) e polícias afetos à investigação criminal, tendo, assim, sido possível uma rápida e eficiente atuação, em coordenação com as demais autoridades.

Os 3 artigos pirotécnicos referidos, bem como outros artigos semelhantes que se encontravam abandonados no solo, foram apreendidos, como medida cautelar.

Publicidade
Botão Voltar ao Topo