Cultura

Imaginarius recebe companhia inglesa em residência artística

A companhia inglesa Etta Ermini Dance Theatre vai estar em residência artística, entre 2 e 11 de setembro, no Imaginarius Centro de Criação (ICC), em Santa Maria da Feira. O ICC abre assim as suas portas à primeira residência artística, pós desconfinamento, prosseguindo o seu objectivo principal de apoiar e incentivar o desenvolvimento das Artes, nas suas mais diversas expressões.

“Dur de Comprenure” é o projecto artístico que a Companhia Inglesa Etta Ermini Dance Theatre, composta pela diretora e coreógrafa Andrietta Brenk, da Suiça, pela dançarina grega Christina Dionysiopoulou e pelos acrobatas Mohammed Hammich e Quahib Hammich, de Marrocos, irá trabalhar, durante a residência artística, no ICC, e surge no âmbito do Roundabout Europe, um projeto internacional, cofinanciado pela Europa Criativa e que reúne cinco grandes festivais: Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua (Portugal), KoresponDance Festival (República Checa), Out There (Reino Unido), Passage Festival (Dinamarca) e Spoffin Festival (Holanda) – na construção de um circuito europeu de residências.

O Roundabout Europe é uma nova oportunidade para as Artes de Rua e pretende construir um circuito europeu de residências nos cinco festivais, tendo como ideia base profissionalizar o meio artístico inerente às artes de rua, oferecendo aos artistas e companhias experiência e formação para a criação de uma carreira sustentável, económica e rentável, sem perder os valores artísticos. Anualmente, cada festival acolhe duas companhias em residência, seleccionadas através de Call Internacional.

“Dur de Comprenure”: Três pessoas estão presas na fronteira entre a África e a Europa, todos sem os documentos necessários para viajar. São mantidos numa sala de espera em terra de ninguém, perturbados e cheios de preconceitos sobre a cultura uns dos outros, sem falarem a mesma língua. Através de disciplinas de equilíbrio de mãos, acrobacias, mão a mão e dança, uma série de eventos irá desdobrar-se, aproximando os quatro viajantes e o interesse e a compreensão da sua respectiva cultura começam a desenvolver-se.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta