LocalSlider

Intervenção nos Combatentes pode avançar nas férias grandes

Cerca de uma dezena de pais de alunos do Centro Escolar dos Combatentes marcou presença na última reunião da Assembleia Municipal para tentar perceber o atraso da intervenção na escola.

Ficaram a saber pela voz do presidente da Câmara Municipal que, a correr tudo bem, as obras deverão acontecer nas férias grandes. “Foi necessário realizar um levantamento exaustivo das necessidades através de uma auditoria e agora acredita-se que o concurso público pode avançar para haver obras nas férias”, explicou Mário Pereira, um dos pais que esteve no salão nobre, na passada sexta-feira.

Os pais mantêm a fé de que pequenas intervenções que não careçam de concurso possam acontecer mais cedo. O mesmo já não esperam no que respeita ao ar condicionado e isso preocupa-os. “A temperatura vai subir e o problema do aquecimento das salas mantém-se”.

Mário Pereira assegura que os pais e encarregados de educação compreendem que se trata de “processos complexos e demorados mas a mensagem que quisemos passar foi que estamos preocupados e atentos”.

Para alguns dos pais, esta foi a primeira vez que se deslocaram a uma Assembleia Municipal e a verdade é que ficaram desencantados. “Houve assuntos abordados que estão à vista de todos, então para quê perder tempo numa assembleia e fazer com que outros tenham somente três minutos para falarem?”, questionaram.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta