Covid-19Empresas

Marcelo diz que “isto não significa o fim da pandemia”

De visita, ontem, à empresa Flex 2000, em Ovar, o primeiro-ministro, o Presidente da República e o secretário de estado das Finanças aplaudiram e destacaram o “sacrificío” dos ovarenses que “sofreram para o bem de todos”, com a cerca sanitária que viveram.

Marcelo Rebelo de Sousa alertou que a vista desta sexta-feira não deve ser interpretada como o fim da pandemia, mas sublinha que o país está “preparado para o que pode acontecer”.

Sobre uma eventual segunda vaga, disse que “ninguém tem certezas, chefes de estado e de governo admitem isso [segunda vaga]. Mas estamos preparados para o que pode acontecer”.

“Estamos em ovar para agradecer. Ovar deu a volta por cima. Portugal vai dar a volta por cima”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa em declarações aos jornalistas, que enfatizou, também, que as medidas de desconfinamento, que se encontram agora em segunda fase, devem continuar a ser respeitadas para o “bem de todos”.

Já António Costa aproveitou o momento para avisar que “se deixarmos descontrolar a pandemia perdemos dois em um: perdemos o que ganhámos no combate à pandemia e não ganhamos nada na economia” e por isso aconselha os portugueses a regressarem à rua “com cautelas” para “encherem o copo”.

“Não vale a pena estar a ver se o copo está meio cheio ou meio vazio, temos é de encher o copo. Arregaçar as mangas e encher o copo”, rematou.

Questionado sobre se durante o almoço com Rui Rio foi discutido as eleições presidenciais, Marcelo garante que não: “Foram discutidos assuntos importantes como a economia, politica e a saúde. Falámos daquilo que era importante para os portugueses”, assegurou.

Com cerca de 250 empregados nas suas instalações, a Flex2000 retomou ontem a produção. A empresa é líder de mercado na fabricação de produtos de espuma flexível em Portugal.

Covid-19: Marcelo e António Costa na Flex 2000

O Presidente da República, o primeiro-Ministro, o Ministro da economia, entre outros governantes visitaram a empresa Flex 2000, no âmbito da deslocação ao concelho de Ovar.

Publicado por OvarNews em Segunda-feira, 25 de maio de 2020

Artigos relacionados

Deixe uma resposta