LocalSlider

Jovem de Ovar detido em Marine D’Or foi libertado

O estudante de Ovar que foi, esta terça-feira, detido pela Polícia em Marine D’Or, Espanha, já foi libertado. O jovem é suspeito de ter assaltado três quartos e terá confessado às autoridades que roubou cerca de 700 Euros a várias pessoas que se encontravam alojadas no mesmo hotel.

Na sequência do inquérito policial, acabou por ir buscar também a documentação furtada que devolveu aos donos, tendo sido libertado depois, ficando a aguardar a eventual apresentação de queixa por parte dos lesados.

O caso está ter um mediatismo anormal porque foi naquela localidade, onde se encontram muitos estudantes portugueses em gozo de férias, que um jovem de 18 anos morreu depois de se ter sentido mal quando se encontrava no quarto. O jovem terá sido assistido por meios de socorro no local e encaminhado para o hospital, onde acabaria por falecer.

O desenlace precipitou-se devido a uma patologia já diagnosticada ao jovem que era filho do presidente da Câmara de Alcobaça, Hermínio Rodrigues.

As férias escolares relativas à Páscoa são o momento em que muitos jovens se organizam para realizar as suas viagens de finalistas. Este ano, só em Marina d’Or estão seis mil estudantes.

Sucede que o Agrupamento de Escolas de Ovar informou que o jovem não é seu aluno. Por outro lado, a Sporjovem, promotora deste destino, confirmou a inquirição policial a um jovem de Ovar e, em comunicado, emitiu uma nota de pesar do falecimento do jovem em que explicou que o falecimento ocorreu na sequência de “razões relacionadas com problemas de saúde pré-existentes”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo