CulturaSlider

À Mesa com “As Pupilas do Senhor Reitor”

Leu bem. Não são papilas (gustativas), são as “Pupilas do Senhor Reitor” que inspiram desta vez o Chef Luís Lavrador a recriar os pratos da conhecida obra de Júlio Dinis e já publicados numa edição intitulada “À Mesa com Júlio Dinis”, da Confraria Gastronómica do Concelho de Ovar.

No capítulo XIV, lê-se: “José das Dornas também quis saber se o caldo de abóbora era melhor para a saúde do que o de nabos”. Mais à frente, no capítulo XVIII, escreve: “…em seguida uma carregação de pêras de amorim, sem conta, peso, nem medida… À sobremesa o mesmo sistema. A pêra de amorim atraiu um elogio facultativo e mereceu as honras de um caso”.

Juntou-se a fome com a vontade de comer, pois a Câmara Municipal de Ovar encontra-se a evocar os 150 anos da morte do escritor Júlio Dinis e a sua ligação pessoal e literária a Ovar, marcada por eventos na área da gastronomia, turismo, literatura e economia local, com especial foco na restauração e hotelaria. À chamada da Edilidade, corresponderam os restaurantes Bar CAO, Gaby – A minha casa, Ó Chico, O Gordo – Bifes & Coisas, Restaurante Pote, Praça dos Chopinhos, Restaurante Dom Henrique e Restaurante A Toca.

A partir de hoje até domingo, o convite é sentar-se “À Mesa com Júlio Dinis”, iniciativa que integra a candidatura (RE)VIVE & FICA, promovida pela SEMA – Associação Empresarial à qual o Município de Ovar aderiu em 2018.

O Che Luís Lavrador destaca que este encontro à mesa é “uma forma diferente de dar a conhecer a cultura de Ovar, das suas gentes, saborear a comida genuína, através de receitas simples, feitas à base de produtos da terra, com processos sustentáveis e promovendo a economia circular”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo