LocalSlider

Lançada requalificação do Centro Cívico de Arada

[themoneytizer id=”16574-1″]

A Câmara Municipal de Ovar arrancou ontem com a obra de Requalificação do Centro Cívico de Arada, na União das Freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira Jusã. Depois das batalhas eleitorais em que se envolveu pelo PSD, o presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, garante que não perdeu o foco local e avançou manhã cedo com a consignação da obra.

“Vamos começar com a Requalificação do Centro Cívico de Arada, uma obra que demorou mais tempo do que o previsto a a arrancar, mas aqui está a começar no terreno ainda no primeiro semestre de 2019, como anunciado”, referiu o autarca. Trata-se de “uma grande vitória dos aradenses”, disse ainda do projecto que representa cerca de 400 mil Euros (+IVA) de investimento municipal para a freguesia.

Também o presidente da União das Freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira Jusã, Bruno Oliveira, se revelou bastante agradado com o arranque da obra, informando que “devido ao início das obras de beneficiação do imóvel, os Serviços Administrativos da Secretaria da Junta ali instalados vão, a partir do dia 28 de Maio de 2019, passar a funcionar, provisoriamente, na Loja n.º 9 do Mercado de Arada, na Avenida da Igreja.

O projecto

O projecto tem como objecto principal a execução da empreitada de beneficiação do Centro Cívico de Arada, uma vez que o edifício existente apresenta grandes debilidades no que diz respeito ao tratamento das suas (fachadas, caixilharia e cobertura. De forma a colmatar as infiltrações de águas pluviais no interior do edifício e um grande desconforto térmico, a Câmara Municipal gizou um projecto para intervir ao nível do tratamento profundo da origem das patologias verificadas no edifício que terá um consequente impacto positivo no seu funcionamento, na imagem e linguagem arquitectónicas.

Assim, será executada a substituição das caixilharias, bem como da cobertura e as fachadas terão um novo isolamento térmico pelo exterior. Haverá também intervenção nas acessibilidades, sanitários e auditório de modo a garantir o cumprimento da legislação actual.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo