Cultura

Lembra-se de “O Pai Tirano”? Ele está de volta!

“O Pai Tirano’, longa-metragem portuguesa, volta às salas de cinema oitenta anos depois da versão original, e promete causar o mesmo furor que causou na época dourada da nossa sétima arte. O filme inédito de 1941 é considerado, por especialistas e pelos maiores cineastas internacionais, a obra-prima do cinema em Portugal e o maior clássico do cinema português.

Com produção de José Francisco Gandarez da produtora Sky Dreams Entertainment e argumento de Patrícia Müller e Miguel Viterbo, a comédia romântica adaptada para 2022 junta o teatro, a novela, o cinema e a televisão. O filme pretende fazer uma homenagem aos atores dos anos 40, para não deixar cair o cinema antigo no esquecimento.

‘O Pai Tirano’ conta a história da paixão de Chico Mega (Miguel Raposo), empregado de sapataria nos antigos Armazéns Grandela, por Tatão (Jessica Athayde), empregada da perfumaria e imersa num triângulo amoroso com Artur (Diogo Amaral).  Chico integra o grupo de teatro “Os Grandelinhas” do qual faz parte Gracinha (Carolina Loureiro) que ama Chico, mas não sabe que ele ama Tatão. José Raposo, Rita Blanco e Marco António Del Carlo são outros dos grandes nomes da ficção nacional que participam no remake.

João Gomes realiza a nova versão do filme e estreia-se desta forma nas longas-metragem.  O fadista Ricardo Ribeiro interpreta a banda sonora.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo